03/05/2008 - "SEA SHEPHERD."
Outras Notícias

         É certo que a melhor conquista é através da educação e política, mas, às vezes é necessário partir para ações ostensivas para se ter respeito, afinal, medo e respeito andam juntos!!!
         É nessa linha que trabalha o Sea Shepherd, GUARDIÕES DO MAR.




         Em 1970 dois jovens movidos pela paixão e pela vontade de preservar o Planeta Terra embarcaram em um navio em direção ao Alasca com o objetivo de parar com os testes nucleares que estavam destruindo com aquele ecossistema. Estas pessoas eram o Capitão Paul Watson e seu parceiro Robert Hunter. Neste mesmo ano estas duas personalidades acabariam encabeçando da criação da ONG mais conhecida do mundo, o Greenpeace.
         Sete anos mais tarde, estes dois ambientalistas, decidem deixar o Greenpeace e fundar outra ONG mais ativista, ágil e menos burocrática. Surge, então, em 1977, a primeira ONG de proteção dos mares do planeta, a Sea Shepherd Conservation Society, fundada pelo Capitão Paul Watson.
         Nestes 30 anos de atuação, a Sea Shepherd Conservation Society e seus voluntários ficaram conhecidos como Pirata dos Mares, depois de afundar 11 navios baleeiros ilegais e abalroar e impedir a pesca de dezenas de barcos pesqueiros ilegais e predatórios.
         Eleito por inúmeras vezes o maior ambientalista de todos os tempos por diversos meios de comunicação conceituados no mundo inteiro, Paul Watson, teve seu auge de reconhecimento em 2000, entrando para a lista dos 100 maiores heróis da história.
         Na década de 70, a Sea Shepherd lutou contra a matança de baleias por baleeiros piratas japoneses no Pacífico e deu início à sua campanha de proteção às focas no Canadá, a qual persiste até hoje.
         Na década de 80 foi a vez de lutar pelas baleias-piloto que estavam sendo sacrificadas nas Ilhas Faroes, bem como, a captura de golfinhos em redes de pesca de atum na América Central.
         Em 1990 e 1991 a organização atuou como Guarda Costeira das Ilhas Galápagos e Trinidad&Tobago. Durante a década de 90 promoveu-se a campanha de proteção as Baleias Cinza nos EUA e, entre 1999 e 2000, a Sea Shepherd participou ativamente da recuperação dos animais marinhos afetados pelo derramamento de óleo no litoral da França e Turquia, e também promoveu, na Alemanha, um boicote a produtos provenientes das Ilhas Faroe que continuam matando milhares de baleias a cada ano.
         Hoje, a Sea Shepherd possui escritórios na Austrália, Canadá, Estados Unidos, Inglaterra, Holanda, França e África do Sul e mais recentemente, Brasil.
Sea Shepherd Brasil
         A Sea Shepherd Brasil, desde a sua fundação em junho de 1999, vem promovendo, defendendo e apoiando a preservação dos ecossistemas marinhos brasileiros. Diversas ações em parceria com outras ONGs, empresas e órgãos governamentais já foram desenvolvidas com sucesso. Entre estas podemos citar: arrastões de limpeza de praia, implantação de lixeiras, atividades de educação ambiental, sobrevôos para monitoramento e fiscalização do litoral, coordenação de equipe durante as atividades de recuperação da Baia de Guanabara afetada pelo derramamento de 2.500 toneladas de petróleo e elaboração de Plano de Recuperação de Cetáceos, o qual foi entregue à Petrobrás.
         Recentemente, conseguimos a condenação da empresa pesqueira Pescados Amaral, de Itajaí, SC, que foi condenada pelo Juiz da Vara Federal Ambiental de Porto Alegre em janeiro de 2007. A empresa foi condenada a pagar indenização superior a R$ 300 mil pelos danos ambientais e ainda multa de R$ 97.550,00 por cada vez que for autuada efetivando a pesca predatória de arrasto dentro das 3 milhas náuticas da costa gaúcha (5.556m). O valor da indenização deverá ser destinado ao Fundo Estadual do Meio Ambiente do RS, a ser utilizado na forma do art. 13 da Lei 7.347/85 ou preferencialmente por órgãos federais em medidas de preservação e educação ambientais relacionadas à pesca no litoral do Estado do Rio Grande do Sul..
         As ações da Sea Shepherd interessam a todos. Através de nossos projetos, a comunidade, os órgãos governamentais, outras ONG's e a iniciativa privada são beneficiadas. É importante ressaltar que cuidamos de um bem comum que pertence a todos o mar e a sua biodiversidade.
         A Sea Shepherd Brasil desenvolve atividades dirigidas para a conservação da biodiversidade marinha e ecossistemas da costa litorânea brasileira junto com organizações privadas, governamentais e não governamentais que buscam os mesmos objetivos. Como em outros lugares no mundo, os voluntários da Sea Shepherd são pessoas que querem fazer diferença e ajudar a proteger os ambientes e os animais marinhos. Estudantes, universitários, profissionais liberais e empresários de diferentes áreas de atuação se unem e oferecem seu esforço pessoal à nossa disposição para agir.
         A Sea Shepherd precisa de você para continuar promovendo ações de forma ágil e eficaz. Portanto, se você também se revolta com a situação do nosso litoral e no mundo, torne-se um Guardião do Mar e faça a diferença.