08/05/2005 - "Pescadores Pegos pela Polícia na Laje de Santos." Outras Notícias


- Matéria publicada no jornal "A Tribuna":
- Pescadores são detidos no Parque Estadual Marinho

- Da Reportagem
- Oito homens em uma embarcação foram detidos na tarde de ontem dentro do Parque Estadual Marinho da Laje de Santos — que fica a 40 quilômetros do continente —, sob acusação de estarem pescando ilegalmente no local. A ação ocorreu em blitz de rotina feita pela Polícia Ambiental e pelo Instituto Florestal.
- Os acusados foram conduzidos ao 3º DP. Junto com eles, foram apreendidos cerca de 8 quilos de peixes de cinco espécies, 21 varas e outros equipamentos de pesca, além da barco Diver III.
- De acordo com o coordenador regional do Instituto, Júlio Vellardi, a equipe localizou o Diver III na região conhecida como Calhaus, no momento em que os supostos pescadores recolhiam o equipamento. Ele conta que os acusados ainda tentaram fugir, mas foram alcançados pelo bote que estava sendo utilizado pela fiscalização do Instituto.
- Vellardi diz ainda que a embarcação já havia sido vista com pescadores na Laje em outras oportunidades e vinha sendo denunciada por operadoras de mergulho.
- De passagem
- Ainda na delegacia, um dos detidos, que não quis se identificar, disse a A Tribuna que o barco estava apenas de passagem pelo local e que os peixes apreendidos haviam sido pescados em outra região.
- O coordenador do Instituto diz que essa hipótese é pouco provável: ‘‘Tem peixe apreendido que só dá em pedra, o que quebra o argumento deles’’, afirma.
- O Parque Estadual da Laje foi criado em 27 de setembro de 1993, pelo Decreto Estadual 37.537. Até o fechamento desta edição, ainda não havia sido registrado boletim de ocorrência sobre o caso. Mas, de acordo com o delegado-assistente do 3º DP, Estevam Gabriel Urso, os acusados podem ser enquadrados no Artigo 34 da Lei 9.605, de Crimes Ambientais, que prevê de um a três anos de prisão por prática de pesca em área de proteção ambiental.